Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

PAA vai beneficiar 500 agricultores e 150 entidades sociais em 2019

Por: Weverton Façanha - 11/04/2019 - 14:58

Darciane Gomes, coordenadora do PAA no Amapá; Alba Nize Colares, titular da Sims; e o gestor do Rurap, Hélio Dantas, participaram de uma reunião para tratar da execução do programa no Amapá neste ano

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap) e a Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims) assinaram na última quarta-feira, 10, um Termo de Cooperação, visando a execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – Modalidade Compra da Agricultura Familiar para Doação Simultânea. O Estado já garantiu junto ao Governo Federal um recurso no valor de R$ 1,5 milhão para execução do PAA. Para este ano, a expectativa é atender cerca de 500 agricultores e 150 entidades em todos os municípios.

A partir da assinatura do Termo de Cooperação entre os órgãos, será lançada uma chamada pública para seleção dos beneficiários do programa (fornecedores e consumidores). O cadastramento está previsto para iniciar no próximo dia 22 e vai contemplar agricultores dos 16 municípios, além dos distritos de Macapá (São Joaquim do Pacuí e Bailique). De 2015 a 2018, o PAA já investiu no Amapá cerca de R$ 12 milhões.

De acordo com o gestor do Rurap, Hélio Dantas, o programa já existe há uma década no Amapá e é de extrema importância para os pequenos agricultores. “Desde que iniciamos a execução do programa, conseguimos atender todos os 16 municípios e assim vamos continuar este ano. Além da movimentação de recursos, o programa também contempla pessoas em risco alimentar, pois os alimentos são comprados e doados para entidades que atendem essas pessoas”, destacou Dantas.

Com o Termo de Cooperação a SIMS fica responsável pelo cadastramento e seleção das entidades sociais, que posteriormente deverão receber os alimentos através do programa. “Estamos reunindo todos os gerentes da secretaria e repassado como funciona o processo de cadastro e seleção; vamos seguir todas as diretrizes e leis para poder qualificar e inserir as entidades no PAA”, explicou a secretária de Inclusão e Mobilização Social, Alba Nize Colares.

A coordenadora do programa no Amapá, Darciane Gomes, prevê o início das primeiras feiras do PAA para o mês de junho. “Estamos trabalhando para seguir o cronograma estipulado pela coordenação. A partir do lançamento do edital, finalizando a seleção dos beneficiários e o cadastro da proposta junto ao Ministério da Cidadania, iniciaremos o programa”.

PAA 2018

No ano passado o programa investiu R$ 4 milhões na agricultura familiar do Estado, atendeu 1.178 agricultores e 297 entidades sociais; 53.729 pessoas foram beneficiadas com alimentos provenientes do programa. Foram realizadas 167 feiras nos municípios e distritos e mais de 925,7 toneladas de alimentos foram comercializadas.


 Arquivos vinculados

Reunião para tratar da execução do programa no Amapá.

Diretor Presidente do Rurap, Hélio Dantas.

Titular da Sims, Alba Nize Colares.