Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

O Governo do Estado através do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá realiza capacitação de Crédito Rural em Oiapoque

Por: Comunicação Institucional/RURAP - 04/05/2018 - 19:40

Foto: Sem Autor da Midia

Técnicos extensionistas rurais do Escritório Local do Oiapoque e do distrito de Carnot (Calçoene), receberam treinamento sobre utilização da Planilha de Credito Rural para elaboração de Projetos.

A capacitação aconteceu no município de Oiapoque, no Escritório Local do Rurap no referido município, com a participação de 10 técnicos do Rurap que atuam nesta região e teve objetivo de oferecer aos participantes uma formação completa e atual sobre todos os aspectos legislativos, técnicos e operacionais que englobam o Sistema Nacional do Crédito Rural.

Com a apresentação de conhecimentos avançados distribuídos por módulos específicos, os profissionais (das instituições financeiras, cooperativas e demais empresas) ao participar do curso, alcançarão mais autonomia e a base necessária para se posicionarem como especialistas dinâmicos frente aos diversos recursos públicos e os fundos cooperativos existentes para fomentar o desenvolvimento do segmento rural que se faz tão importante para a economia brasileira.

Também foram repassados conhecimentos específicos e técnicos para operacionalização das planilhas de elaboração de projetos pelo Banco do Brasil, Banco da Amazônia e do Fundo de Desenvolvimento Rural do Amapá (FRAP).

A expectativa é que todos os técnicos que participaram no treinamento, apresentam um número maior de propostas, com mais alcance nas linhas de créditos existentes, contribuindo com o desenvolvimento das atividades de crédito rural na região.

O curso foi ministrado pelo técnico extensionista Antônio Valdenir de Oliveira, e avalia positiva a metodologia. Ele ainda pontuou que é uma das prioridades da Extensão Rural essas atividade “Com essa capacitação, nossos servidores se tornarão multiplicadores e irão repassar aos demais as informações que adquiriram sobre as ferramentas. Garantir celeridade no acesso dos produtores aos créditos disponíveis é contribuir para a melhoria na sua qualidade de vida, geração de emprego, renda e para o desenvolvimento do nosso Estado”, concluiu Oliveira.