Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Governo do Amapá investiu mais de R$ 600 mil através do Programa de Aquisição de Alimentos - PAA, em Laranjal Jari

Por: Sérgio C. Barbosa - 25/11/2017 - 20:46

Foto: Comunicação/RURAP

Nesta última edição da feira no município, participaram 28 agricultores, com aquisição de mais de 5 toneladas de alimentos e mais de R$ 39 mil injetados na economia.

Na última semana, no município de Laranjal do Jari, distante cerca de 270 km da capital Macapá, ocorreu a feira do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que encerrou suas atividades deste ano no município. Nos dois últimos anos, foram injetados na economia local mais de R$ 600 mil, com a aquisição de cerca de 123 toneladas em alimentos, 70 agricultores beneficiados, 11 entidades atendidas e mais de 1.800 pessoas favorecidas diretamente pelo programa. A feira é realizada na própria Sede Local do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá em Laranjal do Jari.

Dentre os diversos produtos adquiridos destacamos o biscoito de castanha do Brasil que é bastante aceitável pelas entidades e que é produzido em boa escala e qualidade pelos agricultores da comunidade do Água Branca do Cajari.

Segundo técnico extensionista Jean Freitas, Trabalhar nesse programa de governo é importante e gratificante porque abrange vários parceiros e é mais uma política pública garantida e aplicada que visa neste caso a segurança alimentar e mostra que o agricultor familiar em Laranjal do Jari tem produção e condições de trabalhar e que se sente feliz por ter funcionado estes trabalhos no município.
Para o chefe de Gabinete do Rurap, Sérgio Barbosa, que esteve presente e representando a diretoria da instituição nas atividades de encerramento do PAA, a agricultura de Laranjal do Jari mostra-se forte e com produtos diferentes da demais regiões do Amapá. “Observamos que Laranjal tem uma agricultura forte e alguns produtos diferenciados como a castanha do Brasil que encontramos apenas nesta região e isso é diferenciado das demais regiões do Estado”, declarou. Sérgio ainda destaca a importante participação e parceria das instituições locais através de seus técnicos para o sucesso na realização destes trabalhos. " este programa tem dado certo,principalmente em função da união e parceria dos agricultores familiares, entidades beneficiadas, do empenho dos técnicos das instituições que firmaram parceria e além disso, dedicação."

A agricultora Maria da Conceição Pinheiro, 54, da comunidade de Igarapé do Meio, destacou que para ela e para os demais produtores o programa só trouxe benefícios. “Para mim e nossos amigos agricultores esta ação do programa nos deu condições de investir mais em nossos produtos, e nossa produção não é mais perdida. Agora temos mais satisfação em trabalhar”, informou.  

De acordo com Lúcia Nery, presidente da Associação das Parteiras Tradicionais de Laranjal do Jari (Aspartalaj), entidade beneficiada, o programa é de grande relevância, pois no município há muitas famílias que necessitam de ajuda. “Felizmente nossa associação é beneficiada e conseguimos receber alimentos e ajudar muitas famílias carentes”, afirmou.

Participaram desta edição no município 28 agricultores, com aquisição de mais de cinco toneladas em produtos e mais de R$ 39 mil investidos, diretamente, pelo programa na economia do município. Cada agricultor receberá, em média, cerca de R$ 1.400 somente nesta edição.

O programa é executado pelo Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap), que realiza a compra direto da produção e repassa à Secretaria de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims), responsável pelo cadastro das entidades sociais e pela distribuição dos produtos.
A realização destas atividades em Laranjal do Jari conta com a participação e parceria da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), Instituto Estadual de Floresta (IEF), Prefeitura Municipal de Laranjal do Jari (PMLJ e IMAPA), Fundação Jari e representantes do colegiado do território da cidadania da região Sul do Amapá.

Criado em 2003, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma ação do governo federal, com execução dos estados, para colaborar com o enfrentamento da fome e da pobreza no Brasil e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar. Para isso, o programa utiliza mecanismos de comercialização que favorecem a aquisição direta de produtos de agricultores familiares ou de suas organizações, estimulando os processos de agregação de valor à produção.

Comunicação/RURAP.


 Arquivos vinculados

Feira do PAA no Laranjal do Jari

Feira do PAA no Laranjal do Jari

Feira do PAA no Laranjal do Jari