Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Rurap elabora planejamento estratégico para fortalecer a extensão rural no Amapá

Por: Nathacha Dantas - 23/11/2017 - 22:15

O objetivo é construir e consolidar as ações do instituto para médio e longo prazo, seguindo a missão, visão, objetivos estratégicos, indicadores, metas e projetos a serem definidos e realizados.

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap) está elaborando o Planejamento Estratégico da Instituição com o objetivo de fortalecer a extensão rural no Amapá para os próximos anos. O corpo técnico da instituição está recebendo orientações e participando da construção do planejamento através de oficinas de nivelamento que já estão sendo realizadas e aplicadas em todas as regiões do Estado.

Nos encontros, os técnicos trocam experiências, definem objetivos e ações a serem concretizadas a médio e longo prazo. As oficinas iniciaram na região norte do Estado, atendendo os técnicos dos municípios de Tartarugalzinho, Amapá, Pracuúba, Calçoene (Distrito do Carnot) e Oiapoque. Em seguida houve a programação na região oeste, que reuniu extensionistas de Porto Grande, Ferreira Gomes, Serra do Navio e Pedra Branca do Amapari. 

Esta semana a ação reuniu os técnicos da região leste, que inclui Itaubal, Cutias, Santana, Macapá e dos distritos de São Joaquim do Pacuí e Bailique. A próxima oficina deve acontecer ainda este mês e reunirá os técnicos que compõe a regional sul do Estado, composta pelos municípios de Laranjal do Jari, Vitória do Jari, Água Branca do Cajari, Maracá, Maruanum e Mazagão.

O planejamento estratégico do Rurap constitui uma prática inovadora da administração pública, pois atua como instrumento de definição de prioridades e potencializa o cumprimento de ações voltadas ao interesse comum. O objetivo é construir e consolidar as ações do instituto para médio e longo prazo, seguindo a missão, visão, objetivos estratégicos, indicadores, metas e projetos a serem definidos e realizados.

“É fundamental esse planejamento para melhorar o nível organizacional, estrutural, de capacitação dos profissionais e prestar um serviço de qualidade. Colocar a organização nos trilhos da excelência”, pontuou Ivan Leal, extensionista agropecuário da região leste.